Bem-vindo(a), visitante! [ Registrar | Login

Insatisfação salarial no Japão chega a 49%, o maior índice desde 1997

Comunidade 29 de agosto de 2016

Insatisfação salarial no Japão chega a 49%, o maior índice desde 1997

Pesquisa do governo mostra, por outro lado, que 70% dos japoneses estão contentes com a vida cotidiana

Crédito: Ana Laura Kawabe/Alternativa – 29/08/2016 – Segunda, 11:31h

Insatisfação salarial no Japão chega ao maior índice desde 1997

Tóquio – No último sábado (27), o Gabinete do governo japonês divulgou os resultados da Pesquisa sobre a Vida Cotidiana da População, realizada uma vez ao ano em todo o país.

 De acordo com o levantamento, o índice de pessoas insatisfeitas com a renda pessoal é de 49%, enquanto que os assalariados contentes somam 48% do total. O número de pessoas insatisfeitas é mais alto desde 1997, conforme informou a agência de notícias Jiji Press.

 Em 1997, houve o aumento do imposto sobre o consumo de 3% para 5% e, nos anos de 1998 e 2000, a pesquisa não foi realizada. Desde então, as dificuldades econômicas vem sendo relacionadas aos resultados da pesquisa.

 O resultado deste ano foi avaliado pelo governo como uma prova de que o país ainda não colhe os frutos de uma “recuperação econômica real”, mesmo com os aumentos de salários.

 No entanto, outras questões levantadas na pesquisa obtiveram resultados positivos. Com relação à vida cotidiana, 70,1% afirmaram que estão “satisfeitos” ou “parcialmente satisfeitos”, enquanto que os “pouco insatisfeitos” e “totalmente insatisfeitos” somaram 28,5% das respostas.

 Quanto à habitação, o nível de satisfação foi de 81,4% e nas questões de desenvolvimento pessoal, 61,1% dos entrevistados foram positivos. A satisfação com diversão e lazer foi de 62,2%. De forma geral, os resultados foram os melhores até o momento.

 O índice de respostas efetivas ficou em 62,8% e, este ano, a pesquisa baixou a idade mínima de 20 para 18 anos, levando em conta a introdução do novo sistema que permitirá que jovens de 18 anos votem nas eleições.

Foto: Reuters

Fonte Alternativa Online

433 total de visualizações, 0 hoje

EmpregoJP Fan Page

Blog Categories