Bem-vindo(a), visitante! [ Registrar | Login

Vem ai a Festa do Brasil Nagoya 2016: Atrações imperdíveis

Comunidade 13 de maio de 2016

FEsta do BrasilO MAIOR EVENTO DA COMUNIDADE BRASILEIRA

Nos dias 28 e 29 de maio, a partir das 11h00 às 19h00, o público vai dançar, cantar e se colorir com as cores do Brasil, no centro de Nagoia, no Hisaya Park, em frente a Matsuzakaya, próximo às estações de metrô Yaba-cho e Sakae.

A programação conta com atrações para atender todos os gostos musicais e visuais, com um desfile de tirar o fôlego. Saiba tudo nesta edição especial sobre a Festa do Brasil. Conheça alguns dos artistas que vão se apresentar nos 2 dias.

Além de todas essas apresentações no palco, haverá muitos estandes com comidas e bebidas típicas , além de outros expositores. Tudo para você se divertir com a família e os amigos, no clima do Brasil.

 

VINICIUS D'BLACK

VINICIUS D’BLACK

D’ BLACK

A Festa do Brasil em Nagoia terá a participação do cantor Vinicius D´Black. Apaixonado pelo Japão o cantor já esteve no país em 2010 quando gravou o vídeo clip da música ”Se eu for embora” que contou com a participação da nikkey Flávia Kano. O vídeo foi gravado em Tóquio.

Carreira

O sucesso veio em 2008 com a música “Sem Ar”, e a canção  “1 Minuto” (que conta com a participação da cantora Negra Li) as duas músicas alcançaram o primeiro lugar nas paradas das rádios de todo o Brasil.

Nos últimos anos esse jovem artista deu uma repaginada na carreira e desde 2014, D´Black se projetou na cena musical com ritmos mais agitados, tornando o show mais animado e dançante, com influências do R&B, Soul, Funk e sem deixar de lado as canções românticas que tocam os corações dos apaixonados.

Animando a galera!

Para a Festa do Brasil em Nagoia D´Black está preparando um show especial que promete agradar tanto os brasileiros quanto os japoneses.

D´Black : estou feliz em poder retornar ao Japão e fazer parte de um evento tão importante para comunidade brasileira, recebo muitas mensagens na minha página no Facebook de fãs que me acompanham desde a minha primeira visita ao país, tenho ótimas lembranças desse lugar, e espero poder rever todos os amigos que fiz no Japão, terei pouco tempo mas quero aproveita ao máximo esses 5 dias de estadia na terra do sol nascente. Estou levando muitas novidades para esse show, vou cantar músicas de outros cantores conhecidos do Brasil, a banda que vai me acompanhar nesse show é a DAHU uma banda local, bastante conhecida pela comunidade brasileira, achei bastante interessante a proposta de poder estar com eles no palco, acredito que isso só vai somar. Estou ansioso pra ver o Central Park em Nagoi   a todo colorido com as cores do Brasil.

O nosso país está passando por mudanças, e temos motivos em dobro para festejar. Espero todos vocês no Central Park em Nagoia na Festa do Brasil.

Rui Ramos

Pagode do Ramos

Formado pelo ex-jogador de futebol e atual técnico do Gifu FC, Rui Ramos, o grupo conta com o talento da vocalista Fabiana, do violinista Marquinhos e do percussionista Paulo Silva. O show traz no repertório axé, samba e pagode. Eles estão presentes na Festa do Brasil desde a primeira edição.

Via Brasil

Nero Niwa, banda Via Brasil

Nerô Niwa, banda Via Brasil

Para fechar a tarde musical antes da entrada de Vinicius D’Black, o casal que fundou a banda Via Brasil, vai se apresentar e tirar o público do chão, promete Nerô, a vocalista.

Nerô, nascida Neusa F. Niwa e Ronaldo Luiz da Fonseca, são inseparáveis na música e no cotidiano. Este ano o casal completa 35 anos de carreira e 36 de casamento. “Eu era conhecida no meio musical como Neusinha e quem me chamava de Nerô era minha mãe. Aí, o Ronaldo achou que ia ter mais intimidade comigo e começou a me chamar como ela. Assim, foi se espalhando e a minha identidade hoje é Nerô”, explica a vocalista.

Residentes em Kumagaya (Saitama), a banda Via Brasil tem dificuldades como todas as demais do Japão, pois os encontros para os ensaios com os músicos ficam restritos em função da distância e trabalho nas fábricas. Entretanto, Ronaldo e Nerô sempre dão um jeitinho brasileiro para viabilizar essa comunicação e afinação entre eles.

Ronaldo é guitarrista, com formação acadêmica em orquestra. Foi lá que se desenvolveu em cordas e depois no teclado, enquanto Nerô já tinha esse dom de cantar desde criança. Trabalhava como secretária executiva e cantava nos barzinhos da moda em Sampa por prazer. “Aí os colegas davam uns toques sobre o vocal e decidi estudar”, explica a vocalista. “Mas isso só aconteceu de fato depois de cantar 4 matinês e 4 noites num Carnaval, que me rendeu uma boa grana mas estourei as cordas vocais”, relembra.

Da carreira no Brasil os dois tem ótimas recordações das noites paulistanas, apresentando-se em barzinhos descolados, fazendo música de qualidade. Depois vieram os bailes pelo Brasil afora, conta Nerô. Há quase 20 anos no território dos ancestrais de Nerô, já puderam viver só da música nos bons tempos antes da crise, falam com ar saudoso. Hoje Ronaldo está batendo cartão na indústria para manter a economia doméstica em dia, mas quando o entardecer de sexta-feira chega é para os restaurantes e casas noturnas que eles vão fazer o que mais amam – a música.

“Neste nosso segundo ano de Dia do Brasil, vamos dar o melhor para alegrar, encantar e fazer o público brincar e dançar”, enfatizam os dois. Para isso, vão colocar no repertório sambas e axé para mostrar toda a musicalidade e brasileirice, para procurar agradar a maioria, independente de raça ou credo, explicam.

Confessions

Takeshi Designer ao centro com Double Face

Takeshi Designer ao centro com Double Face

Exatamente há 6 anos surgia na comunidade brasileira, na cidade de Hamamatsu (Shizuoka), dois jovens cheios de sonhos, imaginações e muita vontade de mostrar a diferença e suas paixões pela maquiagem, como formas de revelar e transformar a beleza feminina. Então foi criada a Double Face Make composta por Duda Matsuo e Paulo Ricardo.

“Confessions” é nada mais nada menos que as confissões, o desejo de reunirmos todos os sonhos, todas as imaginações, fantasias em um espetáculo onde iremos mostrar a beleza da mulher brasileira. Mais uma vez contam com a parceria e amizade com o Takeshi Designer, natural do Peru, também residente em Hamamatsu. Takeshi já trabalha há 20 anos como designer, tendo a sua arte reconhecida por clientes sem fronteiras. 

Banda Dahu

Banda Dahu

Banda Dahu

Salsicha ou Sal Batera é maringaense, toca bateria desde os 12 anos e do interior do Paraná viajou pelo país tocando em bailes e shows. É o idealizador e fundador da Banda Dahu. Para matar a curiosidade do público Sal conta a origem do nome “Dahu” que traduzido do chinês para o português é matar o tigre. Segundo ele, ”isso tem tudo a ver com o nosso cotidiano que é matar um leão por dia. Além disso, é um nome fácil de pronunciar e gravar. A Banda Dahu se orgulha de poder tocar com os novos talentos da comunidade, o que é estimulante para os artistas e para o público”. Eles também tocarão com D’Black para encerrar a Festa do Brasil, no domingo.

..::PROGRAMAÇÃO DO EVENTO::..

 

Festa do Brasil - Nagoya - 03SÁBADO

André Shiguemoto

O início da carreira foi aos 12 anos na capital paulista de onde veio para o Japão, há 23 anos. André Shiguemoto, 40, reside em Ina (Nagano), onde trabalha com pintura industrial. Quando chega o fim de semana esquece o cansaço da rotina na indústria, se produz e vai para onde é chamado. O autodidata e eclético, canta MPB e música romântica internacional, das décadas de 70, 80 e 90, dando um toque brasileiros ou uma pitada romântica nas casas noturnas onde se apresenta. Já se apresentou nos Novos Talentos em Yokohama e desta vez vai brilhar em outro palco grande em Nagoia.

Fernando Okada

O cantor Fernando Okada, 34, mora em Hamamatsu (Shizuoka) e tem a música com seu principal hobby. Vindo de Araçatuba-SP, onde cantava desde os 13 anos, sempre ganhou uns cachês nas ocasiões onde é convidado para fazer o que mais gosta – cantar enka. E é o que ele vai mostrar no grande palco dessa festa. “É muita satisfação para quem canta. Fiquei super surpreso com o convite porque é um sonho de muitas pessoas e vou realizar o meu”, confessa. Apesar de cantar outros estilos como rocks nacionais, sua preferencia sempre foi a música dos país de seus antepassados.

Paulinho Miranda

Deixou Ilha Solteira-SP há 10 anos e atualmente reside em Chiryu (Aichi), de onde sai nos fins de semana para animar os bailões. Paulinho Miranda canta desde os 15 anos e é também compositor. Com seu violão e voz, às vezes se apresenta com banda, às vezes faz um acústico, conta. Em se tratando de sertanejo, toca e canta de tudo um pouco: clássico, de raiz, universitário, etc. É a primeira vez que se apresenta na Festa do Brasil, por isso a expectativa é grande. Apesar de trabalhar em fábrica o que mais gosta de fazer é tocar e cantar.

Campos Novos & Paulista

A origem do nome da dupla vem da cidade do interior paulista, onde os imigrantes italianos e espanhóis desbravaram a região, como seus avós. Milton Ishii Junior e Rodrigo Ishii, são dois irmãos que iniciaram o sertanejo no Japão em 2.000, segundo eles. Vieram de Adamantina-SP, onde já gravaram 1 single e 1 álbum, com composições próprias. Junior é hoje dono de uma pizzaria em Hamamatsu (Shizuoka) e concilia a música com o empreendimento. Ecléticos, a dupla sempre vestida de chapéu anima bailões e já tocou no Brazilian Day em Tóquio, quando ainda moravam em Utsunomiya (Tochigi). No palco do Dia do Brasil é a primeira vez que os irmãos se apresentam.

Marcos Hatano

Conhecido da comunidade que ama o sertanejo, Marcos Hatano cantava desde criança nas festas da família ou dos amigos. Há 5 anos no Japão esta de fazer o povo dançar. Para isso toca e canta universitário, xote, venera e também faz moda de viola. Vive em Asahi-cho (Mie) e de lá vai para os bailões e festas nos fins de semana, para cumprir sua missão e para alegrar a alma. Conta que adora fazer shows e ver o público se animar.

Felix Sollo

Residente há 3 meses no Japão, conta que foi muito bem recebido pelo público e amigos da esposa e residem em Kani (Gifu). Desde que acabou de chegar de Guarulhos-SP onde já tinha uma carreira de 19 anos, tem feito shows pela região. “Por isso, não estranhei nada dentro da comunidade, apenas a moeda que é diferente”, pontua. Compositor e cantor, também faz cover de Bruno e Marrone, Cristiano Araújo, Zezé de Camargo e outros. Seu primeiro grande palco será essa festa em Nagoia, que está sendo aguardada com muita expectativa para mostrar o seu trabalho para um público maior.

Festa do Brasil - Nagoya - 02

DOMINGO

Banda Koi

Banda de rock formada em 2010 por brasileiros que se dedicam a divulgar o rock nacional e o Japão. O grupo é formado por Tiago Hiromitsu, JunkunRock Juninho, Paulo Hiromitsu, Hiro Ogawa e Kleber Risso.

Jackson Oliveira

O cantor de pop americano e R&B é conhecido na comunidade como Jackson Oliveira, nascido Jackson Suzuki Ken, 26 anos, de Santo Antônio da Platina-PR, onde cantava em eventos evangélicos, pois na época sua base musical era o gospel.

Jackson Oliveira mora em Toyohashi (Aichi) e trabalha em fábrica. Nas suas horas de folga o que mais gosta de fazer é cantar. Aliás, faz isso desde que tem apenas 7 anos e é também pianista. No Japão costuma ser convidado para cantar em eventos e confessa que “estou muito feliz por ter essa oportunidade de subir no palco de um grande evento como esse”. “Cada um tem um estilo e uma missão”, comenta.

Diego Ikuta

Vindo de Itabuna-BA há13 anos, mora em Hamamatsu (Shizuoka), é cantor de rock, pop e reggae. Apesar de o avô materno (japonês) querer que fizesse faculdade, ele gostava mesmo é de acompanhar os trabalhos do avô paterno que trabalhava com os trios elétricos e Carnaval. Aos 11 anos resolveu participar de um concurso de música e faturou o prêmio maior – um violão. Foi quando, ao invés de vender o instrumento para fazer uns trocados, resolveu aprender a tocá-lo. Assim, autodidata desenvolveu também o aprendizado da percussão e da bateria. Dono de um bar em Hamamatsu, toca e canta no seu próprio ou em outros locais quando é convidado. Cantou com D’Black em 2012 e agora, este ano sobe ao palco do Dia do Brasil para cantar pop e rock nacional.

Regiane Kataoka

Logo de cara faturou o 3o. lugar nos Novos Talentos, conta Regiane, 26 anos, que no ano seguinte ergueu o troféu de 2o. lugar. Cantora autodidata desde os tempos de escola japonesa, gostava de soltar a voz nos karaokês. Dona de uma voz forte, canta soul, blues, rock e pop em perfeito inglês, mas na Festa do Brasil vai cantar Kid Abelha. A paulista que estudou desde os 10 anos em escola japonesa, é também autodidata nos aprendizados do idioma inglês e do teclado. Quer estudar mais e se aprimorar em música, seja como cantora e compositora, seja no backstage. Acompanhe-a no Sound Cloud para se arrepiar: https://soundcloud.com/theanemusic

Paula Okuyama

“O trabalho na indústria fica muito mais leve”, conta a cantora sorrindo. Moradora em Sabae (Fukui) tem turno 4×2 que tira de letra, cantando o turno todo. Com 24 anos, desses há 14 no Japão, estudou em escola japonesa. Quando morava em Mie ia mais para os karaokês e se apresentava em barzinhos japoneses, por cantar em inglês também. Participou dos Novos Talentos em Yokohama, sempre mantendo seu estilo que é o pop rock. Vai se apresentar pela primeira vez na Festa do Brasil e essa será sua segunda experiência em palco grande. “É sempre bom ganhar visibilidade em um público misto”, diz a cantora autodidata.

936 total de visualizações, 1 hoje

  • Dólar tem leve alta ante o real após ação de importadores

    por em 11 de setembro de 2016 - 0 Comentários

    Dólar tem leve alta ante o real após ação de importadores O Banco Central realizou pela manhã nova oferta de até 10 mil swaps reversos Crédito: Reuters – 09/09/2016 – Sexta, 08:25h São Paulo – O dólar teve uma sessão de sobe e desce nesta quinta-feira, fechando o dia com alta ante o real, influenciado […]

  • “É possível ser empreendedor no Japão”, diz presidente honorário da BBG

    por em 11 de setembro de 2016 - 0 Comentários

    “É possível ser empreendedor no Japão”, diz presidente honorário da BBG Prestes a completar dois anos, o grupo realizou mais uma reunião em Tóquio Crédito: Thassia Ohphata/Alternativa – 08/09/2016 – Quinta, 15:18h Tóquio – No dia em que se celebrou a Independência do Brasil, 7 de setembro, os membros do Brazilian Business Group (BBG-Ásia) reuniram-se […]

  • Vem ai a Festa do Brasil Nagoya 2016: Atrações imperdíveis

    por em 13 de maio de 2016 - 0 Comentários

    O MAIOR EVENTO DA COMUNIDADE BRASILEIRA Nos dias 28 e 29 de maio, a partir das 11h00 às 19h00, o público vai dançar, cantar e se colorir com as cores do Brasil, no centro de Nagoia, no Hisaya Park, em frente a Matsuzakaya, próximo às estações de metrô Yaba-cho e Sakae. A programação conta com […]

  • Cidade de Tsu revisa o mapa de simulação de tsunami de grande proporção

    por em 20 de maio de 2016 - 0 Comentários

    Prefeitura de Tsu pede que ao receber o mapa atualizado, confira a localização de sua residência veja como pode se prevenir no caso da ocorrência de um tsunami. A prefeitura de Tsu, capital da província de Mie, anunciou que vai distribuir um novo mapa de prevenção da cidade, caso ocorra o Grande Terremoto Nankai Trough. […]

  • Festa Junina Beneficente em Kamisato (Saitama) promovido pela TS Sabja

    por em 27 de maio de 2016 - 0 Comentários

    Festa Junina Beneficente em Kamisato (Saitama) promovido pela TS Sabja Participando da Festa Junina do TS-SABJA, vocês estarão nos ajudando a ajudar os brasileiros no Japão. Quando: 19 de junho, das 10:00h ~ 17:00h.. Onde: Saitama-ken, Kodama-gun, Kamisato-machi, Oaza Shitihongi 3706-22, em Kodama (Saitama). Informações: 090-9204-2752. Com barracas de comidas e bebidas típicas, quadrilha e […]

EmpregoJP Fan Page

Blog Categories

Anúncios Populares do Dia